Mercado publicitário brasileiro avança em 2021. Rádio cresce mais de 23%, segundo Cenp-Meios

TUDO RÁDIO

Terça-Feira, 22 de março de 2022 @ 13:17


São Paulo – Mesmo com efeitos da pandemia da covid-19, o meio rádio apresentou crescimento acima de 23,6% em relação ao período passado


O Meio & Mensagem divulgou mais um resultado do balanço Cenp-Meios, que analisa o mercado publicitário no Brasil. Segundo as informações, o setor apresentou um crescimento importante no ano passado, mesmo enfrentando a crise causada pela pandemia do coronavírus. O avanço da imunização no País e a retomada das atividades econômicas animaram a indústria publicitária e reaqueceram os investimentos em compra de mídia. O meio rádio apresentou um crescimento de mais de 23% em relação a 2020.


Segundo as informações, foram consultadas 298 agências de publicidade em todo o Brasil, que reportaram seus faturamentos. Em 2020, por exemplo, foram 217 agências que participaram da pesquisa. No ano passado, o investimento em mídia realizado por seus clientes totalizou o montante de R$ 19,7 bilhões. 


Já no ano anterior, em que começou a pandemia do coronavírus, as agências participantes do Cenp-Meios reportaram investimentos em mídia de R$ 14,2 bilhões, o que faz com que o faturamento de 2021 seja 38,8% superior ao do ano anterior. Quando em comparação com o ano de 2019, a indústria de publicidade no Brasil mostra recuperação superando o patamar dos negócios do período pré-pandemia. 


O meio Rádio cresceu 23,6% em 2021 em relação a 2020. E o destaque do relatório do Cenp-Meios em 2021 foi para o expressivo crescimento do meio Internet, cuja movimentação em compra de mídia cresceu 74,2% de um ano para outro, conferindo ao Digital o maior share da história do painel: 33%.


Em termos de faturamento, todos os meios categorizados pelo painel tiveram aumento em comparação com 2020. Essa expansão, no entanto, só foi suficiente para ampliar o share da Internet e da TV Paga.


Com informações do Meio & Mensagem


Carlos Massaro


 


 

Voltar