Anatel ativa página com dados sobre conectividade nas escolas

Convergência Digital - Inclusão Digital

A partir do dia 07 de julho, o Grupo de Acompanhamento do Custeio a Projetos de Conectividade de Escolas (Gape) terá uma página específica dentro do portal da Anatel. Nela estão reunidos dados, minerados em uma série de base de dados, inclusive da própria Anatel/BID, para chegar aos números a serem trabalhados para a distribuição dos R$ 3,1 bilhões destinados à conectividade nas escolas públicas, a partir do leilão 5G.


Os dados mostram que há 13.493 escolas sem qualquer tipo de conectividade com a internet, sendo 12.053 na zona rural e 1.440 na zona urbana. Das 13.493 escolas sem conectividade, 4.358 estão na região Nordeste e 7.763 na região Norte. As velocidades exigidas para as conectividades são de 50 Mbps, para escolas com até 199 alunos, 100 Mbps para até 499, e 200 Mbps, para escolas com mais de 500 alunos. De acordo ainda com dados do GAPE, existem cerca de 138.803 escolas públicas no país. Dessas, 108.140 são municipais (25,5% sem internet), 29.967 estaduais (8% sem internet) e 696 federais (1,6% sem internet).


 


Os dados do GAPE, no entanto foram contestados em audiência pública na Câmara dos Deputados. Cristiene Castilhos, representante da MegaEdu, organização que trabalha para o acesso digital nas escolas, sustentou que há 30 mil escolas públicas sem acesso à Internet, o que representa que uma em cada cinco escolas públicas não tem nenhuma acesso. Já o GAPE pontua que são 15 mil escolas sem acesso à Internet, com especial atenção à região Norte, onde 32,8% das escolas não têm qualquer acesso à Internet.

Voltar