Curiosidade: 41 FMs dos EUA contam com um alcance que supera a marca de 1 milhão de pessoas

TUDO RÁDIO

Terça-Feira, 26 de julho de 2022 @ 07:31


São Paulo - O maior alcance do mercado norte-americano é da Lite FM de Nova York, cuja marca supera 3.5 milhões de pessoas únicas


O tudoradio.com tem publicado uma série de reportagens que mostram o alcance das emissoras de rádio em diferentes mercados do Brasil e também de outros locais do mundo. Um dado que tem chamado atenção é relacionado aos Estados Unidos. Lá, segunda Nielsen, 41 estações em FM possuem um alcance que atinge mais de 1 milhão de pessoas únicas em cada estação, isso em um período de 30 dias. Nova York, maior mercado de lá, conta com as estações que concentram os maiores valores: trata-se do “tripé” da iHeartMedia, formado pelas marcas Lite FM, Z100 e KTU. Acompanhe:


Lite FM 106.7, de formato adulto-contemporâneo, registrou o maior valor em ouvintes únicos alcançados nos Estados Unidos. Segundo a Nielsen, em 30 dias, são mais de 3.5 milhões de pessoas que passaram pela sintonia na medição relativa a junho deste ano. O tudoradio.com já tinha chamado a atenção para esse desempenho da estação nova-iorquina, ela que havia rompido a barreira dos 3 milhões em alcance antes mesmo das festas de fim de ano (quando o rádio se destacou novamente como trilha sonora da época).


Naturalmente por ser o maior mercado dos Estados Unidos, com cerca de 16.1 milhões de pessoas concentradas na área de pesquisa, Nova York concentra o maior número de estações com alcances acima de 1 milhão: são 17 estações nesta condição, sendo seis FMs com marcas que superam 2 milhões. Os cinco maiores valores dos EUA são de rádios da cidade, são elas: a já citada Lite FM, Z100 FM 100.3 (Pop CHR), KTU FM 103.5 (Hot AC), CBS FM 101.1 (Classic Hits) e New FM 102.7 (Hot AC). Essas duas últimas são do grupo Audacy (antiga Entercom).


O outro mercado que concentra emissoras acima da marca de 2 milhões de pessoas alcançadas por estação é Los Angeles (com 11.4 milhões de pessoas cobertas pela pesquisa da Nielsen), tendo as seguintes rádios com os maiores valores: K-Earth 101 FM 101.1 (Classic Hits), KOST FM 103.5 (AC), MyFM 104.3 (Hot AC) e KIIS FM 102.7 (Pop CHR). Neste caso, no mercado angelino, o maior valor está em uma emissora da Audacy, apesar das demais rádios citadas serem da iHeartMedia.


Outro detalhe importante sobre o alcance das emissoras citadas acima é o fato desses valores serem ainda maiores. As rádios de Nova York e de Los Angeles também pontuam em outros mercados próximos. Por exemplo: a Lite FM aparece na medição de Middlesex-Somerset-Union (New Jersey) e de Nassau-Suffolk (Long Island). Já as FMs angelinas de maior potência também aparecem em Riverside-San Bernardino.


Já o maior alcance de uma FM fora dos dos maiores mercados norte-americanos fica com a Sunny FM 99.1, emissora de formato adulto-contemporâneo da iHeartMedia, voltado à cidade de Houston (considerado o sexto maior em população) e que tem um alcance de 1.6 milhão. E em Chicago, terceiro maior mercado dos EUA (7.9 milhões), o maior alcance é de outra rádio de formato adulto-contemporâneo: Lite FM 93.9, também controlada pela iHeartMedia, que atinge 1.2 milhão.


San Francisco, Philadelphia e Dallas são os outros três mercados norte-americanos que contam com FMs que rompem a barreira de 1 milhão de pessoas alcançadas em 30 dias. Atlanta conta com a B98.5, estação de formato adulto-contemporâneo (controlada pela Cox Media) que está bem próxima de ampliar essa listagem, ao registrar mais de 983 mil ouvintes únicos em alcance.


A lista das 41 FMs com alcances milionários conta com FMs e AMs de formatos AC, Hot AC, Pop CHR, Classic Hits, Classic Rock, Classic Hip Hop, Alternative, Sports, News, Rhythmic CHR, Hip Hop/R&B, Spanish Contemporary, Spanish Tropical, Rock, Adult Hits, Adult R&B e Rhythmic CHR.


Recentemente o tudoradio.com repercutiu o tamanho do rádio norte-americano: o relatório "Audio Today", edição de 2022 e realizado pela Nielsen, apontou que 93% dos norte-americanos com 18 anos ou mais ouvem rádio todos os meses.


E por qual razão olhar para lá fora?


tudoradio.com costuma observar esses pontos de curiosidade dos números do rádio internacional para mapear possíveis mudanças de hábitos e a manutenção do consumo de rádio em diferentes países. Assim como ocorreu no ano anterior, periodicamente a redação do portal irá monitorar o desempenho do rádio nos principais mercados do mundo e, é claro, fazendo sempre uma comparação com a situação brasileira. E, como de costume, repercutindo também qualquer número confiável sobre o consumo de rádio no Brasil.


Com informações da Nielsen


Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.


 


Daniel Starck

Voltar