Cobertura de protesto leva Folha a recorde de audiência

Folha de S. Paulo-Poder

Dados de acesso mostram que liderança do jornal se fortalece em momentos intensos do noticiário


    24.jun.2018 às 2h00


  São Paulo


A cobertura da crise dos caminhoneiros rendeu à Folha novo recorde de audiência em maio, segundo dados divulgados pela ComScore. A empresa americana, especializada na análise de tráfego na internet, é uma das principais do mundo na área.


O número de visitantes do site da Folha chegou a 25,5 milhões em maio, maior patamar registrado na série histórica e alta de 8% ante abril, que já havia sido mês forte com a prisão do ex-presidente Lula.


Essa audiência foi a maior registrada no segmento de jornais, segundo a ComScore. Concorrentes diretos, O Globo e O Estado de S. Paulo tiveram, respectivamente, 23,1 milhões de visitantes e 18,4 milhões de leitores no mesmo período, ambos em queda na comparação com abril.


Em maio, a audiência do jornal também foi a maior em páginas vistas, que indicam o quanto de conteúdo foi lido. Nessa métrica, a Folha cresceu bem mais que seus concorrentes e somou 216 milhões de acessos, 53% acima dos 140 milhões de O Globo e 79% a mais que os 121 milhões anotados pelo Estado.


Os dados mostram que a liderança da Folha entre os jornais se fortalece em momentos intensos do noticiário nacional.


No ranking do IVC (Instituto Verificador de Comunicação), outra referência na circulação digital, a Folha também liderou em maio, tanto em visitantes únicos como em visualizações de páginas.


O recorde de audiência ocorreu três meses depois de a Folha ter deixado de atualizar sua página no Facebook.


 


No caso da Folha, mesmo sem a página no Facebook, houve crescimento dos acessos móveis, a forma mais frequente de tráfego gerado pelas redes sociais.

Voltar