Curiosidade: Frequências em faixas AMs não são mais divulgadas por rádios de São Paulo

Tudo Rádio-Notícias do Rádio

Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018 @ 07:47


São Paulo - O mesmo ocorre para as emissoras AMs controladas pelo Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro


As sintonias AMs de rádios importantes de São Paulo estão “sumindo” das plásticas e da voz dos locutores de rádios importantes. A afirmação é baseada na forma como as rádios que atuam de forma simultânea nas faixas AM e FM estão divulgando as suas sintonias. As emissoras CBN FM 90.5 AM 780, Rádio Bandeirantes FM 90.9 AM 840 e Rádio Globo FM 94.1 AM 1100 não citam mais as frequências AMs em suas vinhetas, situação percebida desde o ano passado. A curiosidade também é percebida no mercado do Rio de Janeiro. Acompanhe:


Âncoras, jornalistas e locutores não citam as frequências AMs na CBN, Rádio Globo e Rádio Bandeirantes, sendo que as atuais vinhetas e chamadas das emissoras também não mencionam as sintonias, apesar de elas continuarem operando em São Paulo. A prática visa a migração e fortalecimento das sintonias das emissoras na faixa FM. 


No caso das emissoras do Sistema Globo de Rádio, as sintonias AMs não contam com indicações nos portais e aplicativos das duas emissoras (apenas as sintonias em FM). Já a Rádio Bandeirantes conta com a frequência AM estampada em seu logotipo, portais e aplicativos, mas no geral a 840 AM não é citada. 


A CBN e a Rádio Bandeirantes já contam com volumes de audiência bem superiores na faixa FM do que na faixa AM, com destaque para a CBN que já conta com esse cenário estabelecido há vários anos. Já a Rádio Globo, com a chegada do novo projeto e a estreia da marca em 94.1 FM, a 1100 AM parou de ser citada pela emissora.


Vale lembrar que a atuação dessas emissoras na faixa FM é anterior ao processo de migração AM-FM que atualmente atinge o rádio AM brasileiro. 


Já a Jovem Pan AM 620 FM 100.9 continua divulgando a sintonia 620 AM com a mesma importância dos outros canais relacionados à rádio, já que a 100.9 FM não conta com transmissão simultânea com a 620 AM durante 24 horas por dia. Já a Rádio Capital AM 1040, líder geral de audiência na faixa AM (Kantar Ibope Media), não conta com repetição na faixa FM.


Outras praças


A CBN e a Rádio Globo também contam com essa prática de priorizar a divulgação das faixas FMs no Rio de Janeiro, outra praça que tem transmissões simultânea entre AM e FM dos dois projetos do Sistema Globo de Rádio. Detalhe: a propriedade para a faixa FM também atinge as redes das duas marcas, estas que só contam com expansão em FM desde o ano passado.


Outras rádios famosas e de grande porte, como Super Rádio Tupi FM 96.5 AM 1280 do Rio de Janeiro, Rádio Gaúcha FM 93.7 AM 600 de Porto Alegre, Farroupilha FM 92.1 AM 680 de Porto Alegre e Rádio Itatiaia FM 95.7 AM 610 de Belo Horizonte continuam citando sempre as faixas AM e FM, seja no ar, chamadas, prefixos e também em seus canais na internet.


Prefixos e manutenção do AM


A não divulgação das sintonias AMs da CBN, Rádio Globo e Rádio Bandeirantes é uma opção estratégica para fortalecer a presença desses projetos no FM, já que a programação veiculada no canal AM é a mesma encontrada no FM. Porém, na hora de divulgar o prefixo, as frequências AMs são devidamente identificadas pela CBN, Rádio Bandeirantes e também pela Rádio Globo.


Também não há previsão de mudanças na transmissão simultânea entre os canais AM e FM dessas emissoras, ou seja, todas as sintonias em AM deverão permanecer operando dessa forma pelos próximos anos. 


A única possibilidade de mudança nesse quadro é caso as estações AMs citadas finalizem a sua migração para a faixa FM, através da canalização da faixa estendida (FMe - 76 MHz a 88 MHz - saiba mais), caso independente da transmissão atual na faixa FM por parte dessas emissoras.


O processo previsto para começar a partir do segundo semestre deste ano. Mesmo com o eventual início das transmissões em FMe, existe a tendência de “simulcasting” por cinco anos (quando as migrantes AMs ainda transmitirão em AM e também no FM estendido). 


Daniel Starck


 


 

Voltar